Chutney de berinjela


Um daqueles ingredientes que eu adoro, mas que quando uso como no caso do chutney, acabo comendo sozinha...Aqui em casa não faz muito sucesso! Ou seja, o melhor é fazer a receita dividida, ou dar os outros vidrinhos de presente!
Encontrei a receita no livro "The Preserving Book", e mudei só alguns detalhes!

Chutney de berinjela

700g de berinjela, sem casca e cortada em cubos
2 a 3 cebolas roxas picadas
sal
1 colher (sopa) de extrato de tomate
350ml de vinagre de vinho branco
350g de açúcar mascavo ou demerara
100g de passas
pimenta calabresa
1 pau de canela
1 1/2 colher (chá) de sementes de nigella
3cm de gengibre fresco, descascado e picado (ou 1 colher de chá de gengibre em pó)
3 dentes de alho picados
3 talos de salsão picados

Coloque a berinjela em uma panela grande, com fundo grosso. Junte a cebola, o alho, o salsão e uma pitada de sal. Misture e acrescente o extrato de tomate, o vinagre e o açúcar. Leve ao fogo e cozinhe, mexendo, até dissolver o açúcar.
Acrescente as passas, a pimenta calabresa, o pau de canela, as sementes de nigella e o gengibre. Aumente o fogo e cozinhe até ferver, mexendo ocasionalmente. Diminua o fogo e cozinhe por 45-50 minutos, mexendo de vez em quando com uma colher de pau.
O chutney estará pronto quando o vinagre tiver sido absorvido. A consistência será cremosa e firme.
Cuidado para que não queime o fundo da panela no final do cozimento.
Retire o pau de canela e coloque em vidros esterilizados. Espere alguns dias antes de servir, para apurar o sabor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.